Email sedfcontato@gmail.com
Telefone (61) 3273 0307

Presidente do SindEnfermeiro participa do 1º Seminário sobre a Saúde da Mulher organizado pelo COREN-DF

Atualizado em 20, maio 2019 - 3:38:41

Texto: Marcelo Tobias

Foto: Marcelo Tobias

Edição de imagens: Pedro Vinicius Lima

 

A presidente do SindEnfermeiro-DF, Dayse Amarílio, representando a Frente Única da Enfermagem (FUEnf) , participou na manhã dessa segunda-feira (17) do 1º Seminário de Implantação da Comissão Técnica da Saúde da Mulher do COREN-DF. A intenção do evento era informar e debater com os profissionais de enfermagem os processos de trabalho na configuração de cuidado à saúde das mulheres a partir da enfermagem obstétrica, da enfermagem ginecológica e da enfermagem neonatal.

O presidente do Conselho Regional de Enfermagem do Distrito Federal (COREN-DF) e anfitrião do evento, Marcos Wesley, recebeu os representantes do Sindicato dos Auxiliares e Técnicos em Enfermagem do Distrito Federal (SINDATE-DF), Conselho Federal de Enfermagem (Cofen), da Japan International Cooperation Agency (JICA)  Associação Brasileira de Obstetrizes e Enfermeiros Obstetras do Distrito Federal (ABENFO-DF) e da Associação Brasileira de Obstetrizes e Enfermeiros Obstetras (ABENFO-Nacional).

Durante a abertura do evento, Dayse Amarílio falou sobre a importância de a sociedade estar envolvida e entender os processos que envolvem a enfermagem e ressaltou a necessidade de mais representantes que lutem pela a enfermagem. “Nós precisamos ocupar de uma vez por todas os espaços de gestão, decisórios e de poder. Precisamos nos envolver nessas questões, pois se não ocuparmos esses espaços, não vamos chegar muito longe”, disse.

Qualidade na formação dos profissionais

O presidente do COREN-DF, Marcos Wesley, pontuou a importância da qualidade na formação dos profissionais obstetras e criticou a criação de cursos de pós-graduação à distância que formem profissionais com essa especialidade em menos de três meses.

“Nós estamos preocupados com a formação dos nossos profissionais de enfermagem que vão atuar junto à saúde da mulher. Com esse seminário queremos estabelecer um marco e diretrizes para o cuidado mais específico da saúde da mulher”, completou.

Para Dayse Amarílio, a iniciativa do COREN-DF de criar a comissão que cuida da saúde da mulher é de extrema importância.  “Fico muito feliz com a atitude do COREN-DF em implantar essa comissão que está preocupada em discutir não só a assistência, mas a formação dos profissionais que vão lidar com saúde da mulher”, afirmou.

Durante o evento, algumas profissionais foram homenageadas e receberam certificados de honra ao mérito, reconhecendo sua importância para enfermagem obstétrica, da enfermagem ginecológica e da enfermagem neonatal do Distrito Federal.